Skip to content

Ciências Sociais – Aula #3

August 28, 2013

Transformações Sociais

Revolução Francesa = Dogmas Sociais

Revolução Industrial = Capitalismo

A Revolução Francesa foi responsável pela mudança de dogmas. Nasce então as ideias sobre igualdade, liberdade e fraternidade. Essa é uma revolução responsável pela nova visão das pessoas sobre os assuntos referentes à sociedade.

Igualdade: por que as pessoas são tão desiguais?

Fraternidade: a ideia de que todos os meus próximos também devem ter.

Liberdade: devemos ser livres e decidirmos nossas próprias escolhas, e não simplesmente aceitar o que o Estado nos propõe.

A revolução Industrial é a responsável pela mudança econômica global.

Antes da Revolução: período em que o artesanato era essencial para a economia. Produção muito limitada, que não supria a demanda da sociedade.

Depois da Revolução: período em que a produção especializada toma o cenário econômico e passa a se desenvolver técnicas para a produção em larga escala, deixando o trabalho dos artesãos de lado em comparação com a produção em linhas de montagem.

August Comte: 

– Positivismo: pensamente de que vale apenas o que se encontra escrito, registrado, com um significado literal.

– Exegese: só é valido aquilo aquilo que se encontra provado, escrito.

Émile Durkheim:

Pensador da corrente de que a sociedade é um organismo vivo, sempre em adaptação aos fatos sociais. Esses fatos devem ser conhecidos para que possamos desenvolver regras. Sempre haverá novos fatos sociais que dependerão de novos regramentos.

Marx Weber:

Pensador da corrente que diz que os problemas da sociedade estão no não entendimento, na não compreensão da sociedade. Para Marx Weber, o pensamento de August Comte não é de nada válido, pois não se pode positivar todos os fatos sem que se conheça os motivos que o levaram para tal.

O método compreensível

Segundo Marx Weber, deve haver um esforço para a interpretação do passado e também de sua repercussão para se conhecer as características das sociedades contemporâneas. Neste sentido, conhecer um fenômeno social seria extrair o conteúdo simbólico da ação ou ações que o configuraram. Abordar o fato significa que este não é resultado direto de causas e efeitos, mas também deve se olhar toda a amplitude sobre o fato estudado.

No momento de avaliar um fato social, deve-se olhar toda a causa e suas consequências, o que muda completamente a visão sobre o que se encontra registrado.

Karl Marx

– Estudioso da estrutura social.

– Como a sociedade usa do capital?

As sociedades humanas progridem através da luta de classes: um conflito entre a classe burguesa que controla a produção e um proletariado que fornece a mão de obra para a produção. Ele chamou o capitalismo de “a ditadura da burguesia”, acreditando que seja executada pelas classes ricas para seu próprio benefício.

Marx previu que, assim como os sistemas socioeconômicos anteriores, o capitalismo produziria tensões internas que conduziriam à sua auto-destruição e substituição por um novo sistema: o socialismo. Ele argumentou que uma sociedade socialista seria governada pela classe trabalhadora a qual ele chamou de “o estado dos trabalhadores”.

Advertisements
Leave a Comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: